sábado, 21 de setembro de 2013

Antiga Descrição Minha

Sou feminista. Fã de Madona também gosto de música clássica. Com outra Madona, mais antiga, recebi minha formação cristã. Porém agnosticamente para mim "a dúvida vem a ser a mãe do conhecimento". Minha personalidade barroca portanto não nega meu caráter classicista. Pode? Que nem eu sim. Sem da pernambucanidade fugir admiro Portugal. De café, como também de maracujá, componho minha bebida sem faltar açúcar acompanhada por exemplo de cuscuz com charque. No Carnaval. No São João. Só não além de bem e mal. Por enquanto? Não sei. Que me resta fazer? Escrevo. Com as artes. Com as ciências. Com as filosofias. Com as religiões. Com os esportes? Ao ver as esportistas. Enfim as mulheres amo: parentes, egérias, amigas mais afins... De mim, oras!

quarta-feira, 11 de setembro de 2013

Ao se Defender

Os estragos, aqui supostos meus, não são estragos simplesmente
Mas um lado da vida que teimamos esquecer.
A vida só com acertos não a conheço.
Também sei que todos os estragos são conseqüência dos erros.
E tão-somente meus? Impossível!
Minha vida não faço só: convivo.
Quando vamos assumir então os nossos erros?

05. 03. 2013
Tarde