sábado, 1 de novembro de 2014

Litania Rubra

p. P. P.


Multidão de ruivas:
Catedral de fogo.
Devoção ao sol
Com sangue nas veias.
A paixão divina.
Fé de ter martírio.
Nuas cegam olhos:
Tal cor tem Minerva.
Coração e fôlego.
Por Aquiles ira.
Bem à flor da pele:
Latejo corpóreo.
Perigo de vida!
Febre sem ceder:
Estado de sítio.
Dar beijo de língua.
Gosto de pimenta.
Demais é veneno
Sem lhes ter costume...

Prometeu roubou.


13. 01, 2014
Madrugada - Manhã




Nenhum comentário:

Postar um comentário